INSTITUTO KAROLINSKA DÁ MAIS UM PASSO NO TRATAMENTO DA OBESIDADE


Uma equipa de investigadores do Instituto Karolinska de Estocolmo, liderada por Goeran Andersson, descobre uma nova proteína que tem um papel fundamental na formação de novas células gordas.

A descoberta da proteína, que é chamada de TRAP (tartrate-resistant acid phosphatase) e é segregada por células imunes no tecido gordo, dá uma nova percepção sobre a inflamação crónica dos tecidos gordos que caracteriza a obesidade”, afirmou o Instituto Karolinska num comunicado, explicando que os investigadores recorreram a experiências em culturas de células humanas e em ratos. Esta proteína “estimula a formação de novas células gordas e pode precipitar o desenvolvimento da obesidade”.

Além do desenvolvimento de novos tratamentos da obesidade, através da inibição desta proteína, a equipa sueca de cientistas detectou também outro caminho para prosseguir o seu trabalho: o tratamento de alguns casos de caquexia mórbida (estado de magreza extrema e atrofia muscular), verificada em doentes com determinados tipos de cancro.

Fonte:www.srsdocs.com
Postar um comentário

Postagens mais visitadas