Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2007

HÁ SAL E SAL

O sal é um componente essencial na alimentação humana utilizado desde tempos imemoriais que nos transportam para o início da Idade do Ferro. Depois da água, o sal é o composto mais abundante à superfície da Terra.

O comércio do sal teve sempre grande importância económica, sendo causa de conflitos políticos e de guerras. Usado como objecto de troca, o nome sal (do latim sal, salis) deu origem ao termo salário, por ser utilizado para remuneração dos legionários romanos. Da passagem dos Gregos pela Península Ibérica (anterior aos romanos) ficaram os vocábulos hals, halos, donde veio o nome dado ao cloreto de sódio encontrado em depósitos naturais – halite (sal-gema).

Os termos sal e sódio são usados incorrectamente, como sinónimos. O sal é o cloreto de sódio (40% de sódio e 60% de cloro). O sódio é um nutriente essencial à vida e todas as células precisam dele para funcionarem adequadamente, desde que respeitados os limites próprios. O cloro é essencial a uma boa saúde, sendo parte indisp…

CUIDA BEM DE TI!

Pequeno clip sobre alimentaçao realizado por alguns alunos da Escola Secundaria Garcia de Orta, Porto! 04/2007

EM BREVE CHEGAREMOS AOS 120

Pílulas inteligentes, chips implantados sob a pele, órgãos que voltam a crescer…A revolução científica e médica da longevidade está apenas no início. Em breve viveremos ainda mais anos, e em melhor forma…”Avanços da Ciência, com as respectivas aplicações na Medicina, que vai debelando doenças consideradas incuráveis, modificações do estilo de vida e de alimentação, preocupações crescentes com a qualidade do ambiente têm conseguido prolongar substancialmente esperança de vida do Homem.

A longevidade é seguramente um dos grandes temas da investigação aplicada e tem já um impacte económico considerável. A indústria preocupa-se com a prevenção das doenças e investiga produtos que melhorem a qualidade de vida dos idosos, os ajudem a conservar a memória, a dar-lhes melhor aparência, mais força muscular e vigor sexual. Mas não se iluda o leitor que os novos produtos vêm resolver todos os problemas, porque no que toca a longevidade, cada um trata da sua. É fundamental um estilo de vida sem t…

ALIMENTAÇÃO E FUTEBOL PROFISSIONAL

PREPARAÇÃO FÍSICA E ALIMENTAÇÃO: FUNDAMENTAIS PARA OS MELHORES RESULTADOS DESPORTIVOS
07-07-13 23:01

A equipa da Académica assistiu hoje a uma sessão de informação sobre ALIMENTAÇÃO E FUTEBOL PROFISSIONAL, promovida pelo departamento médico da Académica e que contou com a orientação da nutricionista da Briosa, Ana Carvalhas.

De acordo com Ana Carvalhas a “falta de nutricionistas deixa futebolistas entregues ao seu apetite”. E, referiu que a “educação alimentar” não tem sido uma prioridade na maioria dos clubes de futebol.

O que não é o caso da Académica, como comprova esta iniciativa.

Consulte aqui toda a informação, gentilmente cedida pela Dr.ª Ana Carvalhas, sobre bons hábitos alimentares (regras e dicas) a ter no desporto de alta competição…

ESPELHO MEU…

Depois da morte, no último ano, de duas modelos brasileiras por anorexia mental, Madrid e Milão tomaram a louvável atitude de banir dos seus desfiles de moda modelos supermagras, isto é, modelos com índice de massa corporal abaixo de 18 kg/m2 (segundo a Organização Mundial de Saúde, são considerados de baixo peso indivíduos com índice inferior a esse valor).

Comer deixou definitivamente de ser um acto inocente. Nunca como agora houve tanta consciência dos efeitos que a alimentação tem na nossa saúde física e mental (no nosso corpo e na nossa imagem corporal). Hoje em dia, comemos não apenas para nos alimentarmos, mas também para sermos mais: mais atraentes, mais jovens, mais saudáveis, mais inteligentes, mais longevos, etc, etc.

A busca da silhueta ideal imposta pelos média tem conduzido aos maiores disparates alimentares. A anorexia, a bulimia e a obesidade são consequências de maus comportamentos alimentares. As anorécticas e as bulímicas (uso o feminino plural porque são geralmente r…