terça-feira, 23 de maio de 2017

RAIZ DE FUNCHO DOCE OU, NO BRASIL, ERVA DOCE DE CABEÇA


Já experimentaram colocar raiz de funcho na salada? É muito crocante e acrescenta um sabor fresco muito agradável a qualquer salada.

Consultei as propriedades medicinais da raíz de funcho no livro "Plantas aromáticas em Portugal - Caracterização e utilizações" de A. Proença da Cunha, Fundação Calouste Glbenkian, 2007, e descobri que tem propriedades diuréticas, logo é um alimento interessante para quem tem tendência para retenção de líquidos. Fica a sugestão. ;)

domingo, 21 de maio de 2017

A MINHA MANTEIGA DE AMENDOIM



A manteiga de amendoim é muito fácil de fazer. Basta comprar os amendoins crus, tostá-los 10 minutos no forno (mexer de vez em quando) e depois triturá-los na picadora 1,2,3 ou na Bimby (nesta é bem mais fácil).
Utilizo a manteiga de amendoim para fazer a minha granola (ver receita aqui) e, seguindo a sugestão da Sílvia Nolan, para comer com sticks de cenoura ao lanche.




segunda-feira, 17 de abril de 2017

GRANOLA CASEIRA





Ingredientes
2 chávenas de chá de flocos de aveia
1 chávena de chá de frutos gordos (amêndoas, avelãs, cajus e nozes)
1 colher de sopa de manteiga de amendoim caseira
1 colher de sopa de mel

Preparação
Numa taça grande de vidro mistura-se a aveia com os frutos gordos partidos em pedaços pequenos, a manteiga de amendoim e por fim o mel. Espalha-se a granola num tabuleiro forrado com papel vegetal e leva-se ao forno pré-aquecido a 150ºC (só as resistências de cima) durante 15 a 20 minutos. Mexe-se de vez em quando e desliga-se quando estiver num tom dourado. Coloca-se no frasco e guarda-se na despensa.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

META ANÁLISE MOSTRA QUE DIETAS "LOW CARB" SÃO MAIS EFICAZES PARA EMAGRECER


Para os que ainda têm dúvidas sobre o suporte científico das dietas "low carb" aqui está uma meta análise recente  com o seguinte resultado:

-Dos 57 ensaios clínicos randomizados controlados, 29 mostram uma perda de peso significativamente mais baixa nos que fazem dietas com baixo teor de hidratos de carbono.

-O número de estudos, com significado estatístico, que mostrou serem mais eficazes as dietas com baixo teor de gorduras para a perda de peso, foi 0 (zero).

O infográfico foi elaborado pelo Public Health Collaboration UK, uma "instituição de caridade dedicada a informar e implementar opções saudáveis para uma melhor saúde pública".